Jaílson desabafa: 'Falaram que eu não ia chegar, por causa da minha cor, porque eu era pobre'

Após fazer uma perfeita e ajudar o Palmeiras a vencer o Junior-COL por 3 a 0, nesta quinta-feira, pela estreia da Libertadores, o goleiro Jaílson aproveitou para desabafar.

Após a derrota para o Corinthians, no último final de semana, o arqueiro teve que ouvir críticas por sua expulsão no dérbi, mas também por uma matéria de TV que mostrou sua mãe, que é corintiana, torcendo por ele no estádio.

Ao Sportv na saída do gramado, ele preferiu não entrar em polêmica e expôs seus sentimentos.

"Quero agradecer minha família pelo carinho e pelo apoio nesses anos que sou jogador. Tenho um carinho muito grande por todos eles", disse.

"Desde quando comecei a jogar futebol minha família esteve do meu lado. Muitas pessoas diziam que eu não ia chegar (ao sucesso), por causa da minha cor, porque eu era pobre... Dedico essa vitória à minha família e à minha esposa", acrescentou.

"Só tenho que agradecer à minha família por tudo que fez por mim. Eu amo minha família", encerrou.

Com o resultado, o "Verdão" já assume a liderança da chave, com 3 pontos, e joga o clube de Barranquilla para a lanterna. No outro jogo da noite, Alianza Lima-PER e Boca Juniors-ARG empataram por 0 a 0 e estão em 2º lugar.

O time alviverde também é o primeiro brasileiro a vencer na Libertadores, depois que Grêmio e Flamengo empataram, enquanto Cruzeiro e Santos perderam em suas primeiras partidas - ainda falta o Vasco jogar na rodada.


Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o Alianza Lima, dia 3 de abril, às 21h30 (de Brasília), no Allianz Parque. No dia seguinte, às 21h45, o Boca joga em La Bombonera contra o Junior.

Relacionados

ESPORTES 2785020034055444582

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress