PF encontra mensagens sobre propina em celular de Cunha, diz jornal

A Polícia Federal (PF) teria encontrado mensagens no celular do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), nas quais o deputado cassado falava sobre propina. A informação é de reportagem publicada na edição desta segunda-feira (7) do jornal O Globo.

Uma das trocas de mensagem mostraria o diálogo entre Cunha e o também ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Datada de 2012, a conversa mostraria Alves dizendo que “Chegou! Valeu. Agradeça lá”. Em sua resposta, Cunha afirma: “Claro não tinha dúvidas. Aqui se Atrasa, mas não falha”.

Outros diálogos também apontariam, de acordo com a PF, para tratativas de propinas. Também constariam no antigo celular de Eduardo Cunha orientações a deputados sobre como deveriam atuar em determinadas votações e discussões de medidas provisórias.

Investigadores também suspeitam que parte das mensagens do peemedebista mostram sua influência para a nomeação de aliados em cargos públicos.


As conversas, segundo O Globo, constam em um relatório elaborado pela PF a partir de pertences do ex-parlamentar apreendidos em dezembro de 2015. Concluído em dezembro de 2016, o documento teve seu sigilo retirado e deve ser encaminhado ao procurador-geral da República Rodrigo Janot.

Relacionados

POLÍTICA 3644351475815127901

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress