MPF denuncia 72 ex-deputados por "farra de passagens aéreas"

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou 72 ex-deputados federais acusados de usar indevidamente a cota parlamentar para viagens aéreas em um escândalo que ficou conhecido como "a farra das passagens aéreas". A denúncia foi aberta nesta terça-feira (8).

O uso irregular, que aconteceu entre 2007 e 2009, foi revelado pelo site Congresso em Foco. Segundo os números oficiais, ao todo os ex-parlamentares gastaram R$ 8,36 milhões com emissão de bilhetes aéreos - usados para passeios ou cedidos para outras pessoas. 


As acusações foram enviadas para a Justiça Federal do Distrito Federal, que irá analisar a abertura de processo contra os ex-parlamentares.

Relacionados

POLÍTICA 3994911930279210992

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress