Wellington Silva chega ao Rio hoje; Retorno traz consequências ao Flu

Após a desistência do Bordeaux em contratar com Wellington Silva, o atacante já desembarca no Rio de Janeiro nesta quarta-feira e é aguardado no CT Pedro Antonio para ser avaliado pelo departamento médico carioca. Afinal, o Tricolor afirma que o atleta, reprovado nos exames do clube francês, deixou o Brasil em condições de jogo. A ideia é que o camisa 11 já fique à disposição de Abel Braga no domingo, às 16h, contra a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, pelo Brasileirão.


A importância de Wellington Silva no ano do Fluminense se reflete nos números do atacante. Apesar da pubalgia que o afastou de partidas por 40 dias, o atacante se mantém como terceiro maior artilheiro da equipe e divide o posto de garçom com Sornoza, Richarlison e Scarpa, todos com sete assistências em 2017. O camisa 11 fez sete gols neste ano.

Positiva dentro das quatro linhas, a permanência de Wellington Silva no plantel faz com que a transferência de outro destaque tricolor torne-se ainda mais urgente no Fluminense. A diretoria não esconde a difícil situação financeira do clube, que lucraria 4 milhões de euros, cerca de R$ 14 milhões, com o acerto do camisa 11 com o Bordeaux, da França.

Está no planejamento da cúpula a venda de um atleta. O atual cenário desenha a venda de Richarlison como a mais provável nesta janela de transferência. O atacante já recebeu oferta de clubes europeus, recusadas pelo clube. O Ajax é quem deve fazer uma nova investida pelo atleta, oferecendo algo em torno de R$ 55 milhões. Desta maneira, Richarlison pode fazer sua última partida pelo Tricolor nesta quarta, em Quito, no Equador, contra a Universidad Católica.


TRICOLOR TENTA REINSCREVÊ-LO NA COPA SUL-AMERICANA

Com a transferência para o Bordeaux dada como certa há uma semana, o Fluminense tirou Wellington Silva da lista de inscritos na Copa Sul-Americana. Agora, com o seu retorno, o clube busca uma brecha no regulamento para reinscrevê-lo no torneio continental caso avance para as oitavas de final.

A Conmebol liberou seis trocas da primeira para a segunda fase do torneio. O Flu realizou as seis até o prazo dado pela entidade: 48h antes do jogo de volta da segunda fase. A situação, portanto, não é das mais simples para o Tricolor.

Mesmo assim, a diretoria mantém a confiança em contar com o atacante na sequência da Sul-Americana. O fato do contrato do atacante não ter sido rescindido ajuda o Fluminense, assim entende membros da cúpula tricolor.


Relacionados

ESPORTES 7594829317324603996

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress