Em 10 dias, Lava Jato resgata quase R$ 1 bilhão

Em 10 dias, duas empresas investigadas pela Lava Jato e o empresário Marcelo Odebrecht devolveram aos cofres públicos quase R$ 1 bilhão. Os valores foram restituídos no período de 26 de junho e 6 de julho.

Conforme divulgado pelo Ministério Público Federal nesta sexta-feira Marcelo Odebrecht devolveu R$ 73,4 milhões; a Braskem, que pertence ao Grupo Odebrecht, devolveu R$ 736,5 milhões, e a Andrade Gutierrez, R$ 94 milhões.

A restituição faz parte dos acordos feitos entre a força-tarefa da Operação Lava Jato e os investigados. Odebrecht e suas empresas foram acusados de envolvimento em esquemas de corrupção na Petrobras.

Nesses acordos de leniência e colaboração, os envolvidos assumem a participação em um crime e se comprometem a colaborar com as investigações - além de pagar multas em troca de reduzir as punições.

O valor pago por Marcelo Odebrecht corresponde, de acordo com o MPF, a 70% dos rendimentos dele em 10 anos - período em que participou dos crimes.

Marcelo Odebrecht está preso desde junho de 2015. Em um crime, foi condenado a mais de 19 anos de prisão. Em outro, nove.

Pelo acordo, ele pode deixar a prisão no fim deste ano já que foi estabelecido que a pena seja reduzida para dez anos (dois anos e meio em regime fechado). Depois, Marcelo deverá cumprir mais dois anos e meio em regime domiciliar.


Relacionados

BRASIL 742757476661095758

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress