Amazonino rebate ‘falsa notícia’ sobre sua candidatura e promete ação judicial

A coordenação de campanha da coligação ‘Movimento pela Reconstrução do Amazonas’, do candidato Amazonino Mendes (PDT) ao Governo do Amazonas na eleição suplementar do dia 6 de agosto. A assessoria informou que são falsas as notícias divulgadas nas redes sociais de que ele está enquadrado em conduta vedada pela legislação eleitoral. Em nota, a coligação informa que “tomou conhecimento da existência de uma nota em que imputa ao candidato Amazonino Mendes conduta vedada pela legislação eleitoral”. “Com o objetivo de restaurar a verdade, a Coligação informa que não compactua com atos ilícitos e considera desespero de seus opositores a criação de boatos, falsas notícias, com o claro propósito de tentar desestabilizar o pleito, tendo em vista o excelente desempenho e adesão que a campanha vem recebendo da população”. No comunicado, o ‘Movimento pela Reconstrução do Amazonas’ informa que já “estão sendo tomadas medidas jurídicas para apurar a responsabilidade pela notícia”. A coligação evita citar possíveis responsáveis, pois prefere aguardar resultado da investigação sobre o caso. 

Relacionados

DESTAQUES 8715502018152194966

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress