Volume de chuva registrado no Rio é maior que o esperado para todo o mês de junho

A forte chuva que atingiu a cidade do Rio de Janeirona terça-feira (20) teve um volume maior que o esperado por especialistas para todo o mês de junho. O Centro de Operações da Prefeitura monitora onze estações pluviométricas. As precipitações registradas pela unidade do Alto da Boa Vista foram de 247 milímetros. O número é recorde, superando os 154,2 milímetros de 2006.

A tempestade provocou alagamentos em vários pontos da cidade, com impactos no trânsito nas zonas sul e norte. De acordo com o Centro de Operações, os bairros mais atingidos pelo temporal foram Jardim Botânico, Gávea, Botafogo, Catete, Laranjeiras, Salto da Boa Vista, Santa Teresa, Tijuca, Grajaú e Maracanã.

A Defesa Civil chegou a acionar quatro sirenes para alertar moradores no Morro do Borél, na Tijuca. Por causa do risco de desabamentos, a população foi orientada a deixar casas em áreas de risco e procurar locais seguros, como igrejas, creches e escolas.

Na manhã desta quarta, os transtornos continuam para a população. Alguns pontos de interdição ainda são registrados em vias da capital fluminense. De acordo com o Centro de Operações, a previsão é de chuva fraca a moderada ao longo do dia.


Relacionados

BRASIL 6237289490556486088

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress