Valentino ganha liberação médica e correrá no GP da Itália

O veterano Valentino Rossi poderá competir em seu país natal. Dúvida até a última quarta-feira para a próxima corrida do mundial da MotoGP, na Itália, o piloto da Yamaha realizou testes e foi liberado nesta sexta pelos médicos responsáveis para competir no circuito de Mugello. A informação foi divulgada pela própria equipe do italiano.

“Os fãs de Valentino Rossi espalhados pelo mundo podem respirar aliviados ao saber que o diretor médico da FIM, Dr. Giancarlo Di Filippo, o médico-chefe oficial do circuito de Mugello, e o diretor médico da MotoGP, Dr. Angel Charte, diagnosticaram Rossi em condições adequadas para participar de seu Grande Prêmio em sua casa, começando amanhã com as primeiras sessões de treino livre”, explicou o comunicado da Yamaha.

Rossi havia sofrido na última semana um acidente de motocross durante um de seus treinamentos e precisou ser levado ao hospital com traumas no abdômen e no tórax, recebendo alta dias depois. Na última quarta, queixas de que ainda sentia fortes dores nas áreas acidentadas indicavam que a presença do piloto na prova em Mugello ainda não estava garantida.


O italiano é o terceiro colocado na classificação geral de pilotos no mundial de MotoGP, com 62 pontos, atrás do vice-líder Dani Pedrosa, da Honda, com 68 pontos, e do líder e companheiro de Yamaha, o espanhol Maverick Viñales, com 85.

Relacionados

ESPORTES 3532258922974863255

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress