Taxista é preso após adolescente denunciar estupro e cárcere em Manacapuru

Um taxista, de 58 anos, foi preso na madrugada desta quarta-feira (7), em Manacapuru, na Região Metropolitana de Manaus. Ele é suspeito de estuprar e manter uma adolescente, de 15 anos, em cárcere privado. A Polícia Militar (PM) do município fez a prisão em flagrante.

De acordo com o sargento Ferreira, a adolescente relatou que ela e uma amiga pediram um táxi por volta das 23h. Elas estavam no centro da cidade e iam para casa.

A outra adolescente foi deixada primeiro, em um bairro próximo do centro. A vítima seguia para o bairro Morada do Sol. Conforme a adolescente, o taxista desviou o caminho e foi para o apartamento dele, na Rodovia Manoel Urbano.

Segundo a polícia, ao chegar ao local, o homem puxou a adolescente para o interior do imóvel, a estuprou e saiu em seguida, deixando a vítima trancada. A jovem ligou para a polícia e denunciou o caso.

"Ela só sabia que estava no Residencial Viver Melhor, mas não sabia em qual apartamento estava. Nós orientamos que ela gritasse pra pedir ajuda dos vizinhos e a gente conseguir ir no local exato. Um vizinho ligou pra passar informações e conseguimos encontrá-la", conta o policial.

Depois de encontrar a vítima, a polícia arrombou a porta para tirá-la do local e fizeram buscas pelo suspeito. Por volta das 3h, o taxista ligou para o número da vítima, que teria sido fornecido quando ela pediu o táxi, e disse que e estava voltando.

Os policiais esperaram pelo suspeito e ele foi preso em flagrante no próprio apartamento. Segundo a PM, ele não negou o crime e também não ofereceu resistência à prisão.


Ele foi levado para a delegacia do município, onde aguarda decisão judicial.

Relacionados

AMAZONAS 6067343740024271055

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress