"Se eu for condenado, não vale a pena ser honesto no Brasil'', diz Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) desafiou o Ministério Público Federal em entrevista nesta terça-feira (27) à rádio Itatiaia, em Minas Gerais, a comprovar que o tríplex no Guarujá pertença a ele.

Lula disse ainda que se for condenado pela Operação Lava Jato, ''não vale a pena ser honesto no Brasil".

"Eu, sinceramente, se, tiver uma decisão que não seja a minha inocência, sabe? Eu quero dizer para você que não vale a pena ser honesto neste país. E quero dizer que não vale a pena você ser inocente, porque ser inocente é você não dar aos acusadores o direito de prova, então, eles ficam nervosos e vão te acusar mesmo que não tenham provas", declarou.

Após anunciar a condenação do ex-ministro Antonio Palocci na última segunda-feira (26), o juiz Sergio Moro, que comanda a Lava Jato, deve voltar suas atenções ao processo que envolve o ex-presidente e pode anunciar sua sentença a qualquer momento.

O primeiro dos inquéritos envolve o caso do "tríplex do Guarujá", onde Lula é acusado de receber dinheiro de propina paga pela empreiteira OAS. Os crimes do caso envolvem corrupção passiva e lavagem de dinheiro. As alegações da defesa e da acusação foram entregues em 20 de junho.

Um dos advogados de Lula, Cristiano Zanin, pediu a absolvição de Lula já que, segundo a defesa, não havia como a OAS transferir o imóvel ao ex-líder porque o apartamento pertencia a um fundo da Caixa Econômica.

Já o Ministério Público Federal (MPF) pediu a prisão em regime fechado de Lula e de outras seis pessoas pelos crimes de corrupção passiva e ativa e por lavagem de dinheiro, além da apreensão de quase R$ 88 mil dos acusados.

Não há prazo para que Moro emita sua sentença, mas acredita-se que ela deve sair em breve. A sentença de Palocci, por exemplo, foi protocolada uma semana antes daquela apresentada pelos advogados de Lula.


Relacionados

POLÍTICA 5318417458922940232

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress