Rocha Loures recorre ao STF para ter acesso a gravações e quer preservar cabelo

Ex-assessor de Michel Temer, o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures recorreu ao STF (Supremo Tribunal Federal) para pedir acesso a todas as gravações que fazem parte do inquérito sobre ele.

No pedido encaminhado pela defesa, Loures ainda pede para não ser colocado sob tratamento "desumano e cruel" e acrescenta "especialmente que não se lhe raspe o cabelo como fizeram com Eike Batista".
Para a defesa dele, o armazenamento de provas” sem o acesso à defesa também configura uma "modalidade positiva de obstrução de Justiça". Alegam ainda que Loures foi vítima de uma "cilada" armada por Joesley.

Preso no último sábado (3), Loures é acusado de ter recebido R$ 500 mil em propina da JBS em nome de Temer. Em imagens divulgadas pela PF, ele aparece correndo com uma mala com o que seria a primeira parcela de um montante a ser pago ao longo de 20 anos.


Loures deve ser transferido na quarta-feira (7) para o presídio da Papuda, no Distrito Federal.

Relacionados

POLÍTICA 5894612547183125350

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress