PF vê indícios de envolvimento de Pezão no esquema criminoso de Cabral

Em relatório, a Polícia Federal afirma que foram verificadas informações que podem servir de ‘elementos probatórios’ que vinculam o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, a integrantes da organização criminosa chefiada pelo ex-governador Sérgio Cabral.

A acusação consta no documento relativo à perícia feita no celular do homem apontado como operador de Cabral, Luiz Carlos Bezerra. Segundo o jornal O Globo, a relação de proximidade entre Pezão e Bezerra foi constatada por mensagens trocadas entre eles.

Em uma delas, Bezerra parabeniza o governador por seu aniversário, em 29 de maio do ano passado. Segundo a PF, Bezerra chama Pezão de ‘Pezzone’. "Querido amigo e Exmo Governador Pezzone. Parabéns e felicidades 1000 pelo seu aniversário, que iremos comemorar muitos outros adiante, não tenho a menor dúvida", escreve Bezerra. "Vamos juntos amigo, a gente até enverga, mas não quebra nem a kraio!!!!" (sic), concluiu.

Em outra mensagem, dias antes do aniversário (em 2016), Bezerra deseja a recuperação do governador, pouco antes de ele ser diagnosticado com câncer. "Querido amigo, acompanhando e recebendo notícias suas pelo amigo em comum. Aguardamos sua saída o mais rápido possível para comemorarmos sua completa recuperação com essas loiras!!! Heheheh. Estamos juntos meu camarada!!! Forever!!!", escreveu o operador, enviando duas imagens, não detalhadas no relatório da PF, ao governador. "Assim vc me mata, isso ¿ sacanagem, obrigado pelo carinho", respondeu Pezão.

Em novembro de 2015, em outra mensagem entre eles, Bezerra elogia o atendimento em um posto do Detran. "Digo isso como um contribuinte como todos e não como o amigo que tem oportunidade de estar próximo do Exmo Gov. e beber umas "geladas", o que, diga-se de passagem, tô sentindo falta... hehehe... abração meu irmão...".

Em uma anotação que a PF teve acesso, de 30 de novembro de 2013, ficou concluído pela investigação que Pezão receberia ‘possivelmente’ R$ 50 mil. Em outra ocasião, a PF já havia mencionado o pagamento de propina ao governador nos valores de R$ 140 mil e de R$ 50 mil.


O governador afirmou que nunca recebeu recursos ilícitos e que está à disposição da Justiça para esclarecimentos.

Relacionados

BRASIL 5536877589190576925

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress