Parecer de Janot é de que "não há dúvidas" da culpa de Temer, diz jornal

O procurador-geral da República Rodrigo Janot avalia que "não há dúvida" de que o presidente Michel Temer cometeu crime de corrupção. A informação é do jornal O Globo que, em reportagem na edição desta segunda-feira (26) mostra que o parecer de Janot também deve avaliar que a manutenção de Temer no cargo de presidente contribui para que crimes continuem ocorrendo na esfera federal.

A publicação informa que o parecer tem um total de 93 páginas. Entre outros pontos, o procurador-geral da República defende a manutenção da prisão do ex-deputado federal e ex-assessor de Temer, Rodrigo Rocha Loures. Na avaliação de Janot, a possível liberdade do político poderia fazer com que ele voltasse a cometer crimes para ajudar o presidente da República.

Rodrigo Janot tem até terça-feira (27) para apresentar denúncia contra Temer e Loures ao Supremo Tribunal Federal (STF). Os dois são investigados no mesmo inquérito aberto com base nas delações de executivos do grupo JBS.

Se houver a apresentação de denúncia, o caso terá de ser analisado pela Câmara dos Deputados. O processo só terá seguimento no Supremo se for aprovado por 342 dos 513 parlamentares da Casa. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já afirmou que está disposto a suspender o recesso de julho para analisar a denúncia.


TAGS

Relacionados

POLÍTICA 1416379296203607942

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress