Nem começou a campanha para governo e Wilker Barreto já é denunciado por ilegalidade



O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Wilker Barreto (PHS), tem mesmo um problema para andar nos trilhos da lei. Wilker foi denunciado ao Comitê de Combate ao Caixa Dois da Justiça Eleitoral por campanha antecipada. Segundo a denúncia, Wilker patrocinou no facebook matéria com intuito alcançar o maior número de eleitores. Entretanto, patrocinar propaganda política nas redes sociais é proibido pelo Artigo 57-C da Lei nº 9.504/1997.

O texto patrocinado dizia: “PV, PRP, PSL e Avante engrossaram coro pela transformação da política no nosso Estado. Na noite de hoje, tive, juntamente ao meu partido, PHS, a grata satisfação de receber apoio à minha candidatura ao governo do Estado, de lideranças comprometidas com a luta pelo melhor do nosso Amazonas. Que venha uma caminhada vitoriosa!”

Na mesma linha

O deputado estadual, Luiz Castro (REDE), também foi denunciado, já que, também faz parte do cenário de candidatos ao governo. Castro declarou candidatura e logo depois patrocinou sua página para aumentar os seguidores de sua página. 

Sem moral

É um termo bem comum ao se referir ao senador Omar Aziz (PSD). Mas sua baixa "moral" extrapola os conceitos de caráter e passam também por conceitos de liderança. A prova disso é a falta de tato em manter o controle do governador interino David Almeida, que está se mostrando uma cobra sorrateira que esperava o momento certo do bote. Liderança fraca é sua marca. 


Relacionados

CORREDORES DO PODER 6233160760548571981

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress