MPF vai apurar uso do Fundeb para pagar Instituto Novos Caminhos

O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas irá instaurar um inquérito para apurar o uso de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) para a área de Saúde, com o objetivo de pagar o Instituto Novos Caminhos (INC), alvo da operação Maus Caminhos, da Polícia Federal (PF) em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF).
“Estes são os desdobramentos, e será instaurado inquérito, sim, para apurar esta situação porque é totalmente anômala. Agora, é um momento inicial, embrionário, não dá para antecipar culpa, a gente precisa apurar isso e, no momento oportuno, se for o caso, a gente vai adotar a medida adequada”, afirmou o procurador da República, Alexandre Jabur.
Na última segunda-feira, o procurador afirmou que o ex-secretário de Estado da Fazenda Afonso Lobo não conseguiu explicar o desvio de R$ 88 milhões da área da Educação para a Saúde. Segundo Jabur, os recursos eram do Fundeb. Naquele dia, o ex-secretário Lobo foi ouvido como testemunha de defesa da advogada Priscila Marcolino, acusada de, junto com o médico Mouhamad Moustafa, comandar um esquema criminoso que, segundo o MPF, desviou mais de R$ 100 milhões do Estado.

Relacionados

DESTAQUES 7533742676580141715

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress