Moradores dizem que mulher decapitada é irmã de suspeito de matar PM e fazem protesto

Jainy Michelle dos Santos,24, cujo o corpo foi encontrado sem cabeça na última segunda-feira (5), no ramal Francisca Mendes, quilômetro 80 da rodovia AM-010, foi identificado por familiares, segundo vizinhos da vítima. De acordo com eles, Jainy é irmã de Isaque dos Santos, conhecido como “Trem Bala”,um dos suspeitos de participar do assassinato do Policial Militar Paulo Sérgio Portilho, que também foi decapitado e teve o corpo encontrado no sábado (3). Na tarde desta terça-feira (6), vizinhos de Jainy realizaram uma manifestação, pedindo providências na investigação do caso. A manifestação aconteceu na Travessa OP, localizada no bairro Armando Mendes, zona leste da capital.
De acordo com os vizinhos, os familiares de Jainy reconheceram o corpo através de uma tatuagem na região pélvica e realizaram a identificação por volta das 10h desta terça-feira (6) no Instituto Médico Legal (IML).
Segundo a universitária Mirlene Oliveira, 37, que organizou a manifestação, Jainy saiu de casa na tarde de sábado para pedir que o irmão se apresentasse a delegacia como um dos autores do crime e não retornou.
” Jainy era uma boa pessoa e nunca fez mal para ninguém. Ela tinha quatro filhos e estava grávida de quatro meses de mais um. A gente desconfiou que algo tivesse acontecido porque ela não apareceu desde sábado. Ela falou pra gente que ia pedir para o irmão dela se entregar mas não voltou”, afirma.
Ainda de acordo com vizinhos de Jainy, a família foi orientada a registrar o caso na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), mas ainda não fez o Boletim de Ocorrência pois teme sofrer represálias.

Relacionados

AMAZONAS 1612095387899454149

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress