Inundações obrigam mais de 3 mil pessoas a deixar suas casas no Uruguai

O número de pessoas deslocadas de suas casas no Uruguai por causa das inundações aumentou para 3.419, informou nessa segunda-feira (5) o Sistema Nacional de Emergência (Sinae).

De acordo com a última revisão desse órgão, do total de deslocados, 1.113 correspondem a pessoas evacuadas pelas autoridades e 2.306 por iniciativa própria.

O departamento de Salto, situado a Noroeste do Uruguai, é o mais afetado pelas inundações e no qual se concentra o maior número de deslocados, que chegam a 1.957, informa a Agência EFE.
Os demais departamentos atingidos são Paysandú (Noroeste) e Artigas (Norte), que contam com 1.253 e 227 pessoas deslocadas, respectivamente.

O Sinae anunciou que autoridades percorrerão nesta terça-feira 6) as áreas afetadas em Salto, enquanto na quarta-feira farão o mesmo em Paysandú.

Tanto as prefeituras, quanto os bombeiros, a polícia, o Exército e os ministérios estão trabalhando para "oferecer uma resposta efetiva na região afetada", disse o Sinae em um relatório.
O ministro de Defesa do Uruguai, Jorge Menéndez, assegurou que os três setores das Forças Armadas estão prestando apoio nas áreas afetadas.

"Precisamos continuar apoiando o que está sendo feito, os estudos nos fazem ver que o aumento de nível do Rio Uruguai pode ter os seus efeitos por alguns dias mais, ou aumentar se as chuvas continuarem", destacou Menéndez.

Relacionados

PELO MUNDO 1117853232204441430

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress