Emilly Araújo desabafa e justifica polêmica sobre "pagar faculdade pública"

Emilly Araújo, vencedora do reality show "Big Brother Brasil", desabafou nesta quarta-feira (31) em seu perfil do Instagram. A gaúcha de 20 anos fez uma postagem para explicar porque disse, ainda no programa de TV, que gostaria de ter dinheiro para “pagar uma faculdade pública” e falou sobre seu novo estilo de vida. 
A frase polêmica de Emilly gerou piadas fora do confinamento, já que os estudantes de universidade público não pagam o curso para estudar. No entanto, dois meses após se tornar milionária e campeã do reality show, a ex-BBB retomou o assunto e justificou a “gafe” dizendo que há outros gastos envolvendo os estudos além das mensalidades. 
“A todos que ficam zombando do fato de eu ter dito não ter condições de fazer uma faculdade pública, se esquecem que precisamos de condução, de alimentação, de livros e material didático. ATÉ mesmo para fazer uma faculdade pública é necessário uma estrutura básica. E quando não se tem dinheiro, não é possível viver essas coisas!”, escreveu Emilly. 
A jovem, que embolsou R$ 1,5 milhão ao vencer o programa de TV, ainda falou sobre sua nova condição financeira. “Graças a Deus hoje eu posso acordar cedo, me arrumar e ir para minha escola, posso ir numa papelaria e comprar os materiais que eu preciso, posso pagar minha condução e alimentação para ir estudar! Pra vocês que só sabem julgar, difamar e não desejar o bem para o próximo... Eu desejo mais amor, desejo mais fé e compreensão!”, finalizou. 
Emilly se mudou para o Rio de Janeiro com a irmã gêmea, Mayla, e o pai, Volnei. Eles moravam em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. A família teria alugado um imóvel no valor de R$ 11 mil por mês. 

Relacionados

CULTURA 5152592305693330607

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress