Eduardo Cunha presta depoimento na sede da PF em Curitiba

O ex-deputado federal Eduardo Cunha chegou por volta das 10h desta quarta-feira (14) na sede da Polícia Federal em Curitiba, no Paraná, onde deverá ser interrogado.

Cunha deverá responder a questões sobre citação de seu nome em uma conversa entre empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS, e o presidente Michel Temer.

Ontem, em petição enviada ao ministro Edson Fachin, responsável pela investigação, os advogados de Cunha pediram acesso a todo o material das investigações antes do depoimento.

No mês passado, os advogados do ex-parlamentar também pediram a anulação do acordo de delação da JBS. No recurso apresentado ao Supremo, os advogados de Cunha alegaram que não há provas sobre o suposto pagamento mensal ao ex-deputado para comprar seu silêncio, conforme um dos depoimentos da delação da JBS.


A defesa também criticou os benefícios concedidos pelo Ministério Público Federal (MPF) aos delatores ligados à empresa, como dispensa de prisão e permissão para morar nos Estados Unidos. “Não tem a menor razoabilidade, tampouco proporcionalidade, esse grupo de delatores se beneficiar com tamanha generosidade, ante a quantidade e complexidade dos supostos crimes apresentados”, argumenta a defesa.

Relacionados

POLÍTICA 5483218618529096516

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress