Ceni vê crescimento do São Paulo e crê em reação rápida no Brasileiro

O São Paulo fez uma ótima partida na Arena da Baixada, tentou de todas as formas marcar o gol, mas parou no sólido bloqueio do Atlético-PR na derrota por 1 a 0. Essa foi a análise que Rogério Ceni fez após o duelo da noite desta quarta-feira, válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

“O time jogou uma ótima partida, em especial no segundo tempo. Infelizmente numa bola parada levamos o gol logo no começo, pressionamos o Atlético-PR, que se defendeu bem, mas fizemos todas as opções possíveis para tornar o time mais ofensivo. Foi dominando no segundo tempo, fez jogadas pelas laterais, pelo meio, tentou de todas as maneiras empatar e virar o jogo, mas futebol é assim, às vezes você faz um grande jogo e não consegue o resultado”, avaliou o treinador, em entrevista coletiva.

De fato, o São Paulo teve o domínio das ações ofensivas no confronto, com 66% de posse de bola e 27 finalizações contra 13 do Furacão. No entanto, uma falha do jovem zagueiro Éder Militão, logo aos quatro minutos de jogo, após cobrança de escanteio, culminou no gol de Wanderson, que deu o terceiro triunfo seguido aos paranaenses.

“Futebol não tem justo ou injusto, é o que acontece no campo de jogo. Posso dizer que jogamos muito bem os dois jogos, poderíamos ter vencido”, lamentou Ceni, que, no segundo tempo, promoveu as estreias dos atacantes Denilson e Brener, além da entrada de Wellington Nem, na tentativa de reverter o panorama da partida.

“Não tenho nada a reclamar dos jogadores em empenho e dedicação. Arriscamos com dois pontas na lateral direita, estreia do Denilson, o Júnior que é um lateral ofensivo, dois 9. Mais à frente que isso só se eu jogar com um zagueiro, seria impossível. Arriscamos tudo para fazer o gol e fomos merecedores até o último lance em que o Wellington Nem saiu na cara do gol. A bola está teimando em não entrar, temos que continuar trabalhando e encontrar tranquilidade”, ponderou.

Com o resultado, o São Paulo caiu para o 15º lugar, com apenas 10 pontos ganhos, flertando perigosamente com a zona de rebaixamento. No entanto, na visão do ex-goleiro, o time vem dando mostrar de que pode em breve reagir na tabela do torneio.

“Vejo brilho nesses atletas, vontade de vencer e acho que temos as condições de conseguir as vitórias rapidamente para subir na tabela. Toda derrota ou vitória traz diferença psicológica, ganha ou perde confiança. Mas acho que vemos o time produzindo e crescendo, e isso é o mais importante, que eles acreditem na capacidade deles”, concluiu.

A primeira oportunidade de o São Paulo reagir na competição será neste domingo, às 16 horas (de Brasília), quando enfrentará o Fluminense, no Morumbi.

Relacionados

ESPORTES 4074848811040335106

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress