A queda de Brasília: Temer tem só 24hrs para responder 84 questões de obstrução

A Polícia Federal enviou ao presidente Michel Temer (PMDB) as perguntas do depoimento que o presidente irá prestar por escrito no inquérito a que ele responde por suspeita de envolvimento nos crimes de corrupção, obstrução à justiça e organização criminosa. A Polícia Federal entregou as perguntas às 16h30. 

Foram 84 questões, que não abordam apenas o áudio da conversa entre Temer e Joesley, mas outros fatos investigados no inquérito. O presidente poderá responder às perguntas por escrito, ou recorrer ao direito, concedido a todo investigado, de permanecer em silêncio. 

O prazo para a resposta é de 24 horas. As perguntas foram entregues aos advogados do presidente, segundo informou a PF.

 O depoimento de Temer foi autorizado pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin. Na última quarta-feira (31), Fachin negou o pedido da defesa.

Na decisão, Fachin no entanto afirma que o presidente possui o direito constitucional de, como investigado num processo criminal, não responder às perguntas que lhe forem feitas. 

A defesa de Temer também pedia que a Polícia Federal fosse proibida de fazer perguntas sobre o teor da gravação, solicitação também rejeitada por Fachin.

Relacionados

POLÍTICA 4526571622368094389

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress