United sobe a quase R$ 11 bilhões, passa Real e é clube mais valioso do futebol, diz consultoria

O Manchester United deixou o Real Madrid para trás é o clube de futebol mais valioso da Europa, segundo estudo da consultoria KPMG. Os ingleses foram avaliados em 3,004 bilhões de euros (R$ 10,96 bilhões), enquanto os espanhóis, em 2,895 bilhões de euros (R$ 10,5 bilhões).

Ao final da última temporada, os auditores fizeram o mesmo levantamento, o primeiro do tipo conduzido pela KPMG, e United e Real estavam empatados na liderança, ambos avaliados em 2,9 bilhões de euros (R$ 10,5 bilhões na cotação atual).

A terceira colocação na lista de 2017 foi do Barcelona, assim como na última temporada, com avaliação de 2,688 bilhões de euros (R$ 9,81 bilhões). A cotação, contudo, é um pouco inferior a do levantamento anterior, 2,75 bilhões de euros (R$ 10 bilhões).

A quarta posição é dos alemães do Bayern de Munique, avaliados em 2,367 bilhões de euros (R$ 8,63 bilhões), com o Manchester City em quinto, com 1,9 bilhão (R$ 6,9 bilhões). Arsenal, Chelsea, Liverpool, Juventus e Tottenham, nesta ordem, completam o top 10.

Em maio, o United projetou receitas para o ano de 2017 entre 560 e 570 milhões de libras (aproximadamente R$ 2,3 bilhões) e lucro que deve superar seu recorde de 191,9 milhões de libras (R$ 798 milhões). O clube conta com um total de 26 patrocinadores globais e outros dez regionais.

A KPMG, que é uma das quatro maiores empresas de auditoria do mundo, ao lado de Deloitte, PriceWaterhouseCoopers e Ernst & Young, estima que o United é o primeiro clube de futebol a quebrar a barreira dos 3 bilhões de euros em valor de mercado.

Em termos de crescimento em relação ao estudo de 2016, os destaques são os turcos Besiktas e Galatasaray, que aumentaram sua avaliação, respectivamente, em 85,2% (aparecendo no 30º lugar) e 82,8% (21º).


Relacionados

ESPORTES 3967797534683421627

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress