Reforços e humildade viram arma do Flu para surpreender Atlético-MG



Depois da derrota para o Grêmio na última quarta-feira por 3 a 1, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o Fluminense tenta reagir neste domingo diante do Atlético Mineiro, no estádio Independência, em Belo Horizonte, às 16 horas, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

E para o difícil duelo, o técnico Abel Braga deve ter dois importantes reforços: o lateral-direito Lucas, que ficou no banco de reservas na derrota para o Grêmio, devido a um cansaço muscular, e o volante Orejuela, recuperado de um problema na coxa direita.
É provável, assim, que eles iniciem o duelo e recuperem o posto de Renato e Pierre, titulares contra o Grêmio. Já o atacante Wellington, com um problema no púbis, ainda não tem condições de jogo. Gustavo Scarpa, por sua vez, deve seguir como opção no banco de reservas.
Mas os retornos de Lucas e Orejuela não são a única aposta para surpreender o Atlético Mineiro. Para o atacante Henrique Dourado, outra arma do time carioca será a "humildade".
"Analisamos jogo a jogo e deixamos o favoritismo para o Atlético, que tem grandes jogadores e já está classificado na Libertadores. Aqui no Fluminense também tem jogadores de qualidade, mas não falam tanto de nós. Com humildade e pés no chão, encaramos cada jogo como uma final e esperamos chegar o mais longe possível", relatou.

Relacionados

ESPORTES 1833977629960200045

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress