Policiais civis da Deaai apreendem adolescente denunciado por estuprar a prima de 11 anos

Na manhã desta terça-feira, dia 23, por volta das 10h, as equipes de investigação da Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), sob o comando da delegada titular da unidade policial, Elizabeth de Paula, cumpriram mandado de busca e apreensão em nome de um adolescente de 16 anos, denunciado por estupro de vulnerável cometido contra a prima dele, uma criança de 11 anos.

De acordo com a autoridade policial, o mandado de busca e apreensão foi expedido no dia 17 de maio deste ano, pela juíza Tânia Mara Granito, do Juizado da Infância e da Juventude – Infracional, após denúncias feitas por familiares do autor e da vítima, informando que o adolescente estaria aliciando a prima de 11 anos, chegando, inclusive, a manter coito anal com a garota.

Conforme a delegada, os estupros ocorreram durante um mês, precisamente em agosto de 2016, em um conjunto habitacional situado no bairro Lago Azul, zona Norte da capital. O menor infrator foi localizado na escola onde estuda, no Conjunto Manôa, bairro Cidade Nova, zona Norte da cidade.

 “Localizamos o menor infrator e, após isso, fomos até a residência da mãe dele, no bairro Redenção, acompanhando o adolescente. Em seguida nos deslocamos até a casa da avó dele, no bairro Santa Etelvina, onde ele mora, onde buscamos os documentos pessoais dele”, explicou Elizabeth de Paula.

O adolescente irá responder por ato infracional análogo ao crime de estupro de vulnerável. Ao término dos trâmites legais na Deaai, ele será encaminhado ao Centro Socioeducativo Dagmar Feitosa, na zona Centro-Oeste de Manaus, onde serão adotadas as medidas cabíveis.


Assessoria de Imprensa - Polícia Civil 

Relacionados

AMAZONAS 7348450425299934445

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress