Novo ministro da Justiça admite que pode mexer no comando da PF

O novo ministro da Justiça, Torquato Jardim, admitiu em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo desta segunda-feira (29) que pode mexer no comando da Polícia Federal. "Vou avaliar. Vou ouvir a recomendação do presidente, de outras personalidades que conhecem o assunto, fazer o meu próprio juízo de valor e decidir", afirmou.


Na entrevista, Torquato Jardim também garantiu que sua nomeação não tem nada a ver com a Operação Lava Jato. "Lancei dúvidas clássicas de um advogado. As prisões são legais, isso é certo. O que me preocupa é a fundamentação correta e precisa do tempo de prisão temporária, quanto ela deve se alongar. E essa preocupação não é só minha. É do Supremo [Tribunal Federal]. Mais de um ministro já falou sobre isso", reconheceu.

O novo ministro declarou ainda que, apesar do momento de tensão após as delações da JBS, não vê crise política no país. "O que interessa, em primeiro lugar, é a economia. A crise não é política - a mídia transformou em crise política-, mas econômica", avaliou.

Ao jornal, Torquato Jardim, que também já foi ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), disse ainda que considera que o julgamento da chapa de Dilma-Temer no TSE ''será técnico".

"Os ministros decidirão com base no que está nos autos. Tem a acusação e a defesa, a inicial e a contestação, como em qualquer ação. No mais, é especulação. A inicial é referente à 2014 e o que será observado são os fatos e provas que ali estão", afirmou.

Troca de Ministério

No último domingo (28), o presidente da República Michel Temer promoveu a troca no comando do Ministério da Justiça. Osmar Serraglio, titular da pasta desde março deste ano, deu lugar a Torquato Jardim, até então comandando o Ministério da Transparência. Agora, Serraglio passa a ocupar a pasta da Transparência.

Em nota, a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto informou que “o presidente da República decidiu, na tarde de hoje, nomear para o Ministério da Justiça e Segurança Pública o Professor Torquato Jardim. Ao anunciar o nome do novo Ministro, o Presidente Michel Temer agradece o empenho e o trabalho realizado pelo Deputado Osmar Serraglio à frente do Ministério, com cuja colaboração tenciona contar a partir de agora em outras atividades em favor do Brasil”.


Relacionados

BRASIL 5744816567779459654

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress