"Não é uma decisão que se tome da noite para o dia", diz Maia sobre impeachment

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), negou nesta quarta-feira, 24, que tenha engavetado os pedidos de impeachment do presidente Michel Temer (PMDB) protocolados na Câmara, com base na delação premiada da JBS. Segundo ele, uma questão "tão grave como essa" não pode ser avaliada num drive-thru.

"Eu não posso avaliar uma questão tão grave como essa num drive-thru. Não é assim. Não é desse jeito. Quanto tempo se discutiu, se passou aqui a crise do governo Dilma? As coisas não são desse jeito", afirmou o presidente da Câmara em entrevista à imprensa ao chegar a Casa.


Maia afirmou que é preciso ter "paciência". "Estão dizendo que eu engavetei. Não tomei decisão. Não é uma decisão que se tome da noite para o dia", declarou. Ele reforçou, porém, mais uma vez, que, como presidente da Câmara, "não será instrumento para desestabilização do Brasil".

Relacionados

POLÍTICA 1694984410762022289

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress