Juíza de Lábrea autoriza destruição de armas e drogas

A juíza Sabrina Cumba Ferreira, que responde pela Vara Única da Comarca de Lábrea  (distante 852 quilômetros de Manaus) autorizou esta semana a destruição 140 armas de fogo, 105 armas brancas (terçados e facas) e 20 quilos de drogas (incluindo maconha, cocaína e pasta base de cocaína), que estavam armazenadas como resultado de apreensões e investigações criminais conduzidas pela polícia do município nos últimos 12 meses.


As armas de fogo foram encaminhadas ao Exército, para destruição. As armas brancas e as drogas foram destruídas no próprio município, em operação acompanhada pelo promotor de justiça Marcelo de Salles e pelo procurador do município de Lábrea, Fábio Augusto Veras.


A juíza Sabrina afirmou que a medida levou em consideração o fato de que Lábrea está localizada em área de conflitos e que não é prudente  manter em estoque as armas  e entorpecentes apreendidos pela polícia e que fazem parte dos processos criminais em tramitação na unidade judiciária.

A magistrada também ressaltou que a equipe da Vara Única de Lábrea está empenhada em agilizar a tramitação dos processos dos réus presos, com ênfase naqueles que cumprem prisão provisória. Atualmente, segundo ela, a Comarca tem 60 réus presos.


Em Manaus

Neste ano, a Divisão de Depósito Público do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), na capital, já encaminhou duas remessas de armas de fogo para destruição, pelo Exército Brasileiro. A primeira ocorreu no mês de março, com 403 peças. A segunda remessa foi destruída na última quarta-feira (17/05), e inclui 126 armas entre espingardas, revólveres, pistolas e simulacros (armas caseiras ou de brinquedo).


Relacionados

AMAZONAS 4110113695818963231

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress