Indígenas Warao sem recursos federais

O Ministério Público Federal no Amazonas (MPF-AM) informou, na tarde de ontem, que ainda não recebeu resposta da União sobre repasse de recursos e assistência do governo federal aos indígenas Warao, oriundos da Venezuela, que se instalaram em casas alugadas, no Centro de Manaus, e, mais precariamente, em acampamento embaixo do Viaduto Governador Plínio Ramos Coelho, no bairro Flores, zona centro-sul da capital.
De acordo com o procurador da República no Amazonas Fernando Merloto Soave, o MPF, no Amazonas, aguarda uma resposta do governo federal, até a próxima semana, acerca do repasse de recursos da União para os indígenas Warao em Manaus. “Vemos o Estado e o município, mas, da União, ainda não recebemos uma resposta oficial”, disse Fernando, acrescentando que uma das funcionárias da Casa Civil, em Brasília (DF), com quem o MPF dialogava sobre a situação, foi recentemente exonerada, o que pode implicar em mais demora para recebimento de respostas do governo federal. Além da Casa Civil, o procurador informou que o MPF também buscou o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA).

Relacionados

AMAZONAS 1027565538021490284

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress