Equipe do 4º DIP prende trio envolvido com o tráfico de drogas no bairro Gilberto Mestrinho

Na manhã desta quarta-feira, dia 17, durante coletiva de imprensa realizada às 9h30, no prédio do 4º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o delegado titular da referida unidade policial, Ricardo Cunha, falou sobre as prisões em flagrante, por tráfico de drogas, de Carlos Roberto de Sá, 46, conhecido como “Tabatinga”; Paulo Roberto de Jesus Alves da Silva, 32, e da esposa dele, Maria Francisca Paratinga, 40, efetuadas  na manhã de ontem, dia 16, na Rua São Pedro, Comunidade Nova Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, zona Leste da cidade.


A autoridade policial informou que a equipe de investigação do 4º DIP chegou até o trio após receber denúncia anônima informando que dois homens estariam comercializando drogas naquela região. As diligências em torno do caso se estenderam por aproximadamente duas semanas e, ao longo das investigações, os policiais civis identificaram que Carlos e Paulo estariam envolvidos com a prática ilícita. 

 “Ontem pela manhã nos deslocamos até a casa de Paulo, onde fomos recebidos por Maria Francisca. Na ocasião, ao ser informada sobre a denúncia, nos relatou que tinha drogas escondidas no quintal do imóvel e que o dono dos entorpecentes seria um homem conhecido como “Tabatinga”. Em seguida ela nos indicou o local onde poderíamos localizar Carlos”, explicou o delegado.


Ainda na casa, durante revista, foram encontrados no quintal da casa de Maria e Paulo aproximadamente 750 gramas de cocaína e 750 gramas de oxi, totalizando, aproximadamente, um quilo e meio de substâncias ilícitas, avaliado em cerca de R$ 20 mil. Em ato contínuo, os policiais civis saíram em busca de “Tabatinga”, localizado naquela mesma via onde fica a residência de Paulo e Maria. O infrator, ao ser abordado, confirmou que tinha contratado o casal para guardar os entorpecentes. Com ele foram apreendidos seis aparelhos celulares e uma balança de precisão.

Na sequência, os policiais civis se deslocaram até a Rua Puraquequara, naquela mesma região da cidade, onde efetuaram a prisão de Paulo, em via pública. Em seguida o trio foi conduzido à unidade policial, onde foram realizados os trâmites legais. 

 Em depoimento, o casal alegou que foi a primeira vez que se envolveu com o tráfico de drogas e só aceitou guardar os entorpecentes porque a filha, de um ano e quatro meses, está doente e precisa de remédios. 


Carlos, Maria e Paulo foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, os infratores serão encaminhados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona Sul de Manaus.

FOTOS: Lana Honorato / Assessoria de Imprensa da PC-AM

Relacionados

AMAZONAS 8618957034071697212

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress