Equipe do 20º DIP cumpre mandados de prisão durante ação para inibir crimes no CDPM 2

A equipe de investigação do 20º Distrito Integrado de Polícia (DIP) cumpriu, entre os dias 22 e 23 de maio deste ano, nas dependências do Centro de Detenção Provisória de Manaus 2 (CDPM 2), mandados de prisão por homicídio, roubo majorado e tráfico de drogas, em nome, respectivamente, de João Alves Lima, 29; Rock Hudson Dos Santos, 27, e do ajudante de pedreiro Francisco da Silva Amora Junior, 31, conhecido como “Titio”. A unidade prisional fica localizada no quilômetro oito da Rodovia Federal BR-174.


De acordo com o delegado titular do 20º DIP, Rodrigo de Sá, a ação aconteceu em parceira com agentes da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), com o intuito de inibir crimes ocorridos dentro das unidades prisionais. Conforme a autoridade policial, agentes da Seap procuraram os servidores do 20º DIP para informar que alguns detentos teriam danificado as ferragens de uma das celas da penitenciária e que havia sido encontrada uma passagem, em construção, no interior de uma cela, que daria acesso à área externa do prédio.

Ao longo da última segunda-feira, dia 22, foram identificados quatro detentos que estavam danificando as barras de ferro das celas. Os infratores foram conduzidos pela equipe da Seap até o 20º DIP, para que pudessem ser realizados os procedimentos cabíveis. O delegado ressaltou que o dano era intencional, a fim de proporcionar fuga do sistema prisional.

 “Na delegacia, Jean da Silva Rodrigues, 19; Wylderley Pereira da Silva, 23; João Alves Lima, 29, e Rock Hudson dos Santos, 27, foram indiciados pelo crime de dano qualificado. Ao consultarmos o Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), identificamos, em aberto, mandados de prisão em nome de João Lima e Rock dos Santos, pelos crimes de homicídio e roubo majorado, respectivamente”, explicou o titular do 20º DIP.

Segundo o delegado, durante as diligências os policiais civis descobriram que “Titio”, que estava trabalhando como ajudante de pedreiro nas obras de construção do CDPM 2, seria o provável responsável por fornecer uma talhadeira e uma marreta, instrumentos utilizados para danificar as celas e facilitar a fuga. No dia 23, após consulta prévia no Sisp, foi identificado que constava em aberto, em nome de Francisco Junior, mandado de prisão por tráfico de drogas, expedido em 2012.

Jean Rodrigues, Wylderley da Silva, João Lima e Rock dos Santos foram indiciados por dano qualificado. Francisco Junior foi indiciado, ainda, por facilitação de fuga de pessoa presa, na modalidade tentada. Foram cumpridos mandados de prisão em nome de João, Rock e Francisco por homicídio, roubo majorado e tráfico de drogas, respectivamente. Os infratores foram levados ao Centro de Detenção Provisória de Manaus 2, onde irão permanecer à disposição da Justiça.


Assessoria de Imprensa - Polícia Civil

Relacionados

AMAZONAS 6183051305965757332

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress