Equipe da DEHS prende jovem que teve participação em homicídio ocorrido em abril deste ano, no bairro Novo Aleixo

O titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), delegado Juan Valério, falou durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira, dia 24, às 9h30, no prédio da Delegacia Geral, sobre o cumprimento de mandado de prisão preventiva por homicídio qualificado em nome de Andrew Rafael Nunes Trindade, 18, conhecido como “Chinoca”, envolvido no homicídio do feirante Daniel Stanley Franco Nery, ocorrido na madrugada do dia 14 de abril deste ano, na Rua 83 do Conjunto Amazonino Mendes, bairro Novo Aleixo, zona Norte da capital. A vítima tinha 23 anos.


De acordo com a autoridade policial, Andrew foi preso pela equipe da DEHS na noite da última segunda-feira, dia 22, por volta das 20h, em via pública, em frente à escola onde ele estudava, situada na Avenida Coronel Sávio Belota, bairro Novo Aleixo, zona Norte da cidade. A ordem judicial em nome do infrator foi expedida no dia 28 de abril do ano corrente, pela juíza Priscila Pinheiro Pereira, do Plantão Criminal.

Conforme Juan Valério, Andrew teve participação ativa no homicídio de Daniel. Ele levou a vítima até o local do crime para ser morta por um indivíduo identificado como Wendel da Conceição Freitas, o “Popó”, que está sendo procurado pela polícia. “Andrew confirma toda a história. No entanto, ele se retira da cena do crime. Ele alega que estava apenas vendendo e consumindo entorpecentes com a vítima no local onde ocorreu o homicídio. Quando “Popó” chegou no lugar, Andrew saiu de perto, mas ainda presenciou o homicídio do feirante”, ressaltou o delegado. 


O titular da DEHS informou que Wendel cumpriu pena com o feirante no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) e, após uma desavença entre os dois, a vítima teria tentado matar Wendel. “Após cumprirem pena no CDPM, Daniel e Wendel foram soltos. Wendel acabou convencendo Andrew a levar o feirante para o local onde ocorreu o fato. No mundo do crime eles chamam tal ato de “fazer a casinha” para a vítima. Daniel foi morto a pauladas e também recebeu golpes de picareta”, explicou Valério.

No prédio da especializada Andrew foi indiciado por homicídio qualificado, por motivo torpe. Após os procedimentos cabíveis no prédio da DEHS, o infrator será reconduzido ao CDPM, onde irá ficar à disposição da Justiça. Para concluir, o titular da DEHS solicita a colaboração de todos na divulgação da imagem de Wendel da Conceição Freitas, o “Popó”.



“Quem puder colaborar com informações sobre a localização de Wendel, entrar em contato com as equipes da DEHS pelo número de telefone da unidade policial: (92) 98118-9535. Delações também podem ser feitas ao 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu o delegado Juan Valério.

Relacionados

AMAZONAS 7641633317582491235

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress