Em artigo, Aécio Neves diz que não cometeu nenhum crime

O senador afastado Aécio Neves afirmou artigo publicado nesta segunda-feira (22), no jornal Folha de São Paulo, que não cometeu nenhum crime. Na última quinta-feira (18), o jornal Globo revelou a existência de uma gravação em que Aécio pede R$ 2 milhões ao dono da JBS, Joesley Batista, para pagar despesas com sua defesa na Lava Jato. 


"Reafirmo: não cometi nenhum crime! Setores da imprensa vêm destacando uma acusação do delator de que, em 2014, eu teria recebido R$ 60 milhões em "propina". Mas muito poucos tiveram a curiosidade de pesquisar e constatar que isso se refere exatamente aos R$ 60 milhões que a JBS doou legalmente a campanhas do PSDB naquele ano".

No artigo, Aécio garante que foi vítima de uma ''armação criminosa'' articulada por Joesley. "Lamento sinceramente minha ingenuidade -a que ponto chegamos, ter de lamentar a boa-fé! Não sabia que na minha frente estava um criminoso sem escrúpulos, sem interesse na verdade, querendo apenas forjar citações que o ajudassem nos benefícios de sua delação", argumentou.

Aécio também pediu desculpas pelo vocabulário usado nas gravações para se referir aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira. "… usei um vocabulário que não costumo usar, e me penitencio por isso, ao me referir a autoridades públicas com as quais já me desculpei pessoalmente", declarou.

O senador afastado explicou que solicitou à irmã que procurasse Joesley Batista na tentativa de vender o apartamento em que a mãe mora. Segundo ele, parte do valor ajudaria a arcar com as despesas de sua defesa. "Foi do delator a sugestão de fazer um empréstimo com recursos lícitos, que ele chamava "das suas lojinhas", e que seria naturalmente regularizado por meio de contrato de mútuo, até para que os advogados pudessem ser pagos", justificou.


Ao finalizar o texto, Aécio assume que errou ao procurar ''quem não deveria'' e também ao pedir que a irmã se encontrasse com Joesley Batista. Ele também nega que teve a intenção de obstruir Lava Jato e afirma que dedicará sua vida para provar sua inocência e de seus familiares.

Relacionados

BRASIL 1139449613787674615

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress