Eleição para novo governador do Amazonas deverá custar R$ 17 milhões aos cofres públicos



O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) divulgou que a eleição que ocorrerá em até 40 dias que definirá novo governador no Estado do Amazonas, deverá custar entre R$ 14 e R$ 17. De acordo com Messias de Andrade, diretor-geral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), essa é a média de preço que será gasto para a realização de um novo pleito, garantindo assim a segurança das eleições.
As eleições serão diretas, devido a distância entre a cassação e a abertura de um novo pleito, visto que as próximas eleições para governo estão previstas para 2018, restando assim 1 ano e 8 meses de mandato. Se restasse menos de 6 meses, a escolha do novo governo seria de forma indireta.
As eleições já estão previstas para o mês de agosto deste ano, segundo Waldiney Albuquerque, secretário judicial do Tribunal Regional Eleitoral. Em entrevista a uma rádio local ele afirmou que o pleito contará com todos os requisitos de uma eleição convencional, com convenções, registros de candidatura, impugnação, campanhas eleitorais nos veículos de comunicação, debates, votação e apuração.
O processo está se desenvolvendo, devido a cassação do ex-governador José Melo (PROS) e vice Henrique Oliveira (Solidariedade), que foram condenados hoje por captação ilícita de votos durante a campanha eleitoral. É a primeira vez na história do estado do Amazonas que ocorrem eleições suplementares devido a cassação de governo.

Relacionados

DESTAQUES 6417563765515835367

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress