Delegacia de Meio Ambiente vai investigar morte de ipês na Djalma

A Delegacia Especializada em Meio Ambiente (Dema) deu início aos trabalhos de investigação do suposto envenenamento de ipês no canteiro central da avenida Djalma Batista, na altura do Vieiralves, Zona Centro-Sul. As imagens do circuito de câmeras instaladas na altura da rua Rio Branco, Vieiralves, próximo de onde ocorreu a contaminação, provavelmente vão ajudar na investigação.

Desde o último dia 29, equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) vão até o local diariamente observar o estado das árvores. A finalidade do monitoramento é acompanhar o efeito gradativo do produto aplicado para matar as árvores – ainda desconhecido – e verificar o efeito das medidas paliativas tomadas para tentar salvar as mesmas. Outro procedimento adotado para tentar salvar os ipês foi o de colocação de terra preta e calcário em parte do solo no entorno das árvores, além do sulfato de cobre aplicado sobre os ferimentos. Segundo os técnicos da Semmas, o produto venenoso também foi aplicado no solo pelos infratores. Um fragmento de casca de uma das árvores, impregnado com o suposto veneno, também foi levado para análise.

Relacionados

AMAZONAS 5603673943621458345

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress