Delator diz que Cunha recebeu R$ 30 milhões para comprar votos de deputados

Joesley Batista, um dos donos da JBS, disse em sua delação premiada, cujo vídeo foi divulgado nesta sexta-feira (19), que a empresa deu R$ 30 milhões ao deputado cassado Eduardo Cunha para que ele comprasse votos de deputados em sua eleição à presidência da Câmara, em 2015.

"Pelo que eu entendi ele saiu comprando deputado, saiu comprando um monte de deputado Brasil a fora. Para isso que servia esses R$ 30 milhões", afirmou Batista.
Segundo ele, o valor foi repassado em R$ 5,6 milhões em doação oficial, R$ 12 milhões em dinheiro vivo e R$ 10,9 milhões em pagamento com notas frias.


À época, Cunha disputou a vaga com o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), e venceu por 267 a 136.

Relacionados

BRASIL 5296359385390845820

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress