Omar Aziz pode ter desviado dinheiro do Ministério da Saúde



Durante todo o dia de hoje (18), auditores do Ministério da Saúde estiveram no Primeiro Centro de Reabilitação para Dependentes Químicos da rede pública do Amazonas, para fiscalizar as documentações que aparentavam irregularidades.

Segundo fonte, os auditores ficaram na instituição que fica quilômetro 53 da Rodovia AM-010, que liga Manaus ao município de Rio Preto da Eva até as 17h. 

De acordo com informações do site do governo o investimento do Estado para construir e equipar o serviço foi da ordem de RS 16,9 milhões. E conforme o Ministério da Saúde alguns recursos estariam sendo destinados à ele sem comunicado ao Ministério e sem prestação de contas. Não há informações sobre as irregularidades apuradas, no entanto, o próprio Ministério calcula que o Centro de Reabilitação para Dependentes Químicos pode ter sido usado para lavagem de dinheiro durante o governo Omar Aziz.

Os escândalos

Com os recentes escândalos na saúde do Amazonas não é surpreendente que apareçam mais intervenções federais na fiscalização dos recursos do estado. Com uma gestora de saúde fraca e um aparato decadente, os governos eternizam os genocídios nos hospitais públicos.

A aprovação de Wilker

O vereador Wilker Barreto (PHS) aprendeu a usar bem os meandros do poder. Apesar de índole questionável, caráter duvidoso e cinismo alinhado aos tempos políticos atuais, conseguiu a aprovação de suas contas pelo Tribunal de contas do AM.

Não houve aplicação de multa ao gestor. Aliás, não aquela multa oficial. 

Na mesma sessão

Por unanimidade o colegiado decidiu pela regularidade da prestação de contas, referente ao exercício de 2015, da Secretaria de Estado da Casa Civil do Estado do Amazonas, de responsabilidade do gestor Raul Armônia Zaidan, e do secretário executivo Lourenço dos Santos Pereira Braga.




Relacionados

CORREDORES DO PODER 7894449231781523065

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress