Governo da Paraíba tenta sabotar visita de ministro à obra de transposição do Rio São Francisco



Quando embarcava para verificar a chegada das águas do rio São Francisco ao Açude Boqueirão, na Paraíba, nesta quinta (12), o ministro Helder Barbalho (Integração) soube que o governador Ricardo Coutinho (PSB) havia ordenado uma molecagem à sua agência de águas: reduzir à metade a vazão da barragem de Camalaú para retardar a chegada de água ao açude, para “melar” a visita do ministro. O governo da Paraíba não respondeu às nossas tentativas de contato. 
Antônio de Pádua, secretário nacional de Recursos Hídricos, foi quem informou Helder Barbalho da pegadinha do governo paraibano, e mandou abrir toda a válvula.
O objetivo de Ricardo Coutinho seria constranger o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), seu adversário político e anfitrião de Barbalho.
A redução da vazão pouco afetaria a visita do ministro da Integração, mas prejudicaria o abastecimento da população de Campina Grande.

Relacionados

DESTAQUES 5782277992433421636

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress