Ex-prefeito do Careiro é preso suspeito de desvio de verbas

O ex-prefeito do Careiro Hamilton Alves Villar (PMDB) foi preso, na noite desta segunda-feira (17), em cumprimento de mandado de prisão preventiva. Ele é suspeito de integrar uma quadrilha formada por ex-secretários municipais e empresários, investigados por fraudes em licitações e desvios de dinheiro da prefeitura do município.
A organização criminosa foi desarticulada durante a operação "Apagar das Luzes", deflagrada pelo Ministério Público do Amazonas (MP-AM) e pela Polícia Civil, no dia 19 de janeiro de 2017.
De acordo com o Promotor de Justiça João Guimarães, titular da Promotoria, as investigações iniciaram ainda no período eleitoral de 2016. Interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça apontaram a existência da quadrilha, que intensificou a ação depois das eleições, segundo ele.
Na ocasião, foram cumpridos cinco mandados de condução coercitiva e cinco de prisão preventiva. As prisões foram efetuadas no Careiro, em Maués e na capital amazonense.
Hamilton Villar também é suspeito de envolvimento com a quadrilha, mas ainda não havia sido preso porque obteve na Justiça um salvo-conduto - uma garantia dada ao eleitor que o impede de sofrer qualquer coação, antes ou depois de lançar seu voto - uma semana antes da operação.
A 1ª Câmara Criminal cassou a medida liminar e a Justiça decretou a prisão preventida de Hamilton Villar. O mandado foi decretado pela Juiza Titular do Careiro Sabrina Ferreira.
O ex-prefeito foi encaminhado ao 34º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: Portal G1 

Relacionados

POLÍTICA 2358004235606869927

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress