Campeã do BBB17, Emilly Araújo presta depoimento em delegacia no RJ

Campeã do Big Brother Brasil 17, Emilly Araújo chegou às 10h07 desta segunda-feira (17) à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, para prestar depoimento em caso que apura suposta agressão de Marcos Harter contra ela durante o reality show. Acompanhado da irmã, o ex-BBB também já foi ouvido na delegacia, na última terça-feira (11).

Para a diretora da Divisão de Atendimento à Mulher da Polícia Civil, delegada Márcia Noeli, o depoimento de Emilly é muito importante para o andamento da investigação.

”Queremos esclarecer todos os fatos que vimos pela TV e, para que isso aconteça, o depoimento dela é fundamental. Em uma investigação, é importante ouvirmos todos os lados envolvidos", disse.

Em entrevista coletiva na tarde de quarta-feira (12), Márcia Noeli, se condenado, o médico não terá como escapar da pena de prisão. "Caso seja comprovado que foi mesmo um caso de violência doméstica, a pena pode chegar a até três anos”, explicou.

O caso chegou à polícia após vários fãs denunciarem o comportamento agressivo de Marcos Harter, que chegou a encurralar e apertar o pulso da então namorada durante briga no confinamento.

Após muita polêmica e a abertura da investigação na Polícia Civil do Rio de Janeiro, que apura se houve lesão corporal, o cirurgião plástico foi expulso do reality show no dia 10.


Dias depois, na quinta-feira (13), Emilly foi declarada campeã do BBB17 e faturou o prêmio de R$ 1,5 milhão.

Relacionados

CULTURA 4837672706935745473

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress