Programa de Monitoria divulga novo calendário de capacitações

Foto: Raphael Alves – Arquivo TJAM
Novo ciclo de formação abrange primeira capacitação destinada a profissionais que atuam em Varas de Família, da Fazenda Pública, da Dívida Ativa e de Registros Públicos e Usucapião.

A Escola de Aperfeiçoamento do Servidor do Tribunal de Justiça do Amazonas (EASTJAM) divulgou um novo calendário de capacitações focadas na qualificação de profissionais para o desenvolvimento do Programa de Monitoria.

O novo cronograma inclui reunião de manutenção com monitores de Varas onde o programa já é aplicado e, também, a capacitação inicial de profissionais cujas unidades judiciais passarão a receber as ações do programa.

Conforme cronograma, a EASTJAM realizará no dia 28 de março, uma reunião de manutenção com monitores do programa que atuam em Varas Criminais, Juizados Especiais Cíveis e Criminais, Turmas Recursais, Varas Cíveis, Juizado da Infância e Juventude Cível. A reunião acontecerá das 13h às 14h, no auditório Desembargador Arthur Virgílio do Carmo Ribeiro, instalado no Centro Administrativo Desembargador José de Jesus Ferreira (em prédio anexo ao TJAM), no bairro Aleixo,zona Centro-Sul de Manaus.

Novas turmas

A EASTJAM também anunciou a capacitação, no dia 27 de março, das 8h30 às 12h, na Sala da Assessoria Virtual – 4º andar da Fórum Ministro Henoch Reis – dos assessores de magistrados que atuam nas Varas de Família, da Fazenda Pública, da Dívida Ativa e de Registros Públicos e Usucapião.

Pelo cronograma, entre os dias 29 a 31 de março, no mesmo local e horário, serão capacitados monitores do programa que atuarão nas mesmas unidades judiciais.

Programa

Desenvolvido pela Comissão de Acompanhamento das Metas Nacionais do Poder Judiciário, que na Corte Estadual é coordenada pelo desembargador João Simões, o Programa de Monitoria busca contribuir com o desempenho das unidades judiciais e, consequentemente, favorecer o cumprimento de Metas Nacionais estipuladas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).


Implantando pela presidência do TJAM, o programa vem sendo desenvolvido, desde o segundo semestre de 2016, em Varas Criminais, Varas do Tribunal do Júri, Varas Especializadas em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecutes), Vara de Trânsito, Vara Especializada em Crimes Contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes e na Vara da Auditoria Militar, sendo ampliada gradativamente para as demais unidades judiciais da Corte Estadual.

Relacionados

AMAZONAS 9019585503455920883

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Julgamento de josé melo

Relator vota contra cassação de Melo e ministra pede vistas do processo

Julgamento de José Melo na íntegra

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP

Publicidade

Publicidade
item
Wordpress