Site do PMDB com informações sobre Michel Temer é hackeado

Nesta manhã (sábado, 31), hackers invadiram um site alimentado pelo PMDB com informações sobre o presidente Michel Temer. O grupo postou mensagens contra políticos e defendeu, inclusive, a pena de morte para os parlamentares do Congresso.
“Eu quero pena de morte pra quem tá no congresso, vocês que deveriam responder por crime hediondo”, escreveu o grupo. “Antes de me chamar de esquerda ou direita, eu quero que se dane, a direita, meio, e a esquerda. Dane-se os partidos!”, enfatizaram os responsáveis pelo ataque.
Reprodução
Site com informações sobre o trabalho desenvolvido pelo presidente foi invadido no último dia do ano

Após a invasão, a página foi retirada do ar. Até o momento, o site www.micheltemer.com.br continua inacessível. Apesar de conter informações sobre o trabalho realizado pelo presidente, o site não tem qualquer ligação com o Palácio do Planalto e é mantido pelo diretório do PMDB em São Paulo.
Por meio de sua assessoria de imprensa, a legenda informou que vai tomar as providências necessárias para encontrar e punir os responsáveis pelo ato.

Relacionados

BRASIL 8854543855288308299

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP

Facebook

Publicidade

Publicidade
item
Wordpress