Seis dias após massacre, Amazonas pede apoio ao governo federal

  • Governo do Amazonas/Divulgação
    Material apreendido em revistas nas unidades prisionais de Manaus este sábado
    Material apreendido em revistas nas unidades prisionais de Manaus este sábado
Seis dias após o massacre que deixou ao menos 56 mortos em um presídio no Amazonas, o governo do Estado pediu apoio da Força Integrada de Atuação do Sistema Penitenciário, vinculada ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça.
Na sexta (6), o MP-AM (Ministério Público do Amazonas) enviou ao governador José Melo (Pros) uma série de recomendações de medidas para o controle da crise no sistema penitenciário, entre elas o pedido de apoio da Força Integrada. Segundo comunicado divulgado este sábado (7) pelo MP-AM, Melo "já determinou aos secretários que cumpram a recomendação e, de imediato, adotou providências junto ao Ministério da Justiça."
Entre outras recomendações do Ministério Público estão o pedido ao governo federal de envio de equipamentos de "rastreamento de aparelhos de celular existentes nas unidades prisionais" e  "abster-se de utilizar a polícia militar" para a segurança interna dos presídios. A recomendação é assinada pelos procuradores José Roque Nunes Marques e Liane Mônica Guedes de Freitas Rodrigues.
Segundo o secretário de Segurança, Sérgio Fontes, o apoio da Força Integrada de Atuação no Sistema Prisional não se trata de efetivo, mas de uma espécie de treinamento e transferência de informações e procedimentos que ajudem a melhorar a segurança nos presídios. 
No entanto, a recomendação do MP prevê "a disponibilização, temporária, de agentes federais de execução penal, que trabalham em presídios federais, para garantir o reestabelecimento da ordem nos presídios estaduais públicos, ainda que atualmente administrados por empresas privadas."
O Compaj (Complexo Penitenciário Anísio Jobim), onde houve o massacre, e mais cinco unidades prisionais de Manaus são geridos pela empresa Umanizzare. Já a RH Multi Serviços administra a Penitenciária Feminina de Manaus.

Relacionados

POLÍTICA 3180395818887028632

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP

Facebook

Publicidade

Publicidade
item
Wordpress