Polícia encontra móveis e bens desaparecidos na casa do ex-prefeito de Maués

Em operação realizada na manhã desta quinta-feira (12), a Polícia Civil do Amazonas, apreendeu no sítio do ex-prefeito de Maués, Padre Carlos Góes, dezenas de materiais, equipamentos, móveis, colchões e aparelhos de ar-condicionado comprados com dinheiro público para diversas repartições municipais e que estavam desaparecidos desde o final do ano passado.

O mandato de busca e apreensão na casa e no sítio do ex-prefeito foi expedido pelo juiz Rafael Almeida Cró, da Comarca de Maués, atendendo denúncia da atual gestão, que por meio de sua Procuradoria Municipal, denunciou o desaparecimento de centenas de equipamentos em todos os órgãos da administração local.

“Muitos dos objetos ainda tem as placas de tombamento, fato que indica que este material realmente pertence à prefeitura”, destacou o delegado Raphael Schimidt, titular do 48º DIP, responsável pela ação.  Funcionários da prefeitura que acompanhavam a ação policial também reconheceram todos os objetos como pertencentes às secretarias e órgãos da Terra do Guaraná.

Ainda segundo o delegado, o ex-prefeito será indiciado por crime de peculato – desvio de dinheiro ou qualquer bem público por funcionário que tem a seu cargo a administração de verbas públicas, para benefício próprio.

Também foram encontradas na casa duas malas repletas de documentos públicos que serão levados para análise pericial.



Relacionados

CORREDORES DO PODER 1907133292507439288

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Julgamento de José Melo na íntegra

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP

Publicidade

Publicidade
item
Wordpress