Ministro Fux, do Supremo, vai ser processado para reconhecimento de paternidade


A notícia foi divulgada ao meio dia deste primeiro de ano, pela coluna Radar, do site da revista Veja, e apresentada como uma "suprema encrenca". Diz: "Na volta das férias, o ministro Luiz Fux terá um problema pessoal para resolver. A juíza Carolina Tupinambá, mãe de um menino de 4 anos, deseja mover contra ele uma ação de paternidade". Carolina Tupinambá é juiza pós-doutorada do Rio de Janeiro, professora de Direita da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, e muito considerada nos meios jurídicos fluminenses. Ela mantém aberto o seu perfil no Facebook e exibe muitas fotos sua com o filho Rafael, assim como videos. Como é possível que, durante quatro anos, Luiz Fux não tenha tido conhecimento de que era pai de um menino fora de seu casamento? Fux tem uma filha adulta, que foi nomeada desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro pelo quinto constitucional devido à influência dele. 

Relacionados

BRASIL 2809278536251495799

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress