Membros do PCC tentam fuga de presídio com medo de rivais

Após Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) sofrer uma rebelião e quase 100 presos fugirem do Instituto Prisional Antônio Trindade, foi a vez do Centro de Detenção Provisório Masculino (CDPM) sofrer uma tentativa de fuga. A informação foi confirmada pelo secretário de Administração Penitenciária (Seap), Pedro Florêncio.
Na manhã desta segunda-feira (2), começou a circular a informação de que os ânimos estariam acirrados dentro da unidade prisional, localizada no KM 8 da BR-174. A tentativa de fuga foi liderada por detentos ligados à facção Primeiro Comando da Capital, o PCC.
De acordo com informações de Pedro Florêncio, os presos ligados a organização criminosa estariam tentando fugir com medo de que se repetisse no CDPM o que aconteceu no Compaj. Neste domingo (1º), mais de 50 detentos, alguns deles ligados ao Primeiro Comando, foram mortos por integrantes da facção criminosa Família do Norte (FDN).
No momento, autoridades da Seap e da Secretaria Segurança Pública (SSP) estão no local. A situação já foi controlada e uma recontagem de presos é realizada.

Relacionados

AMAZONAS 6866164682483835662

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP

Facebook

Publicidade

Publicidade
item
Wordpress