Mantuan revela dicas de Coelho e inspiração em ídolos no Corinthians

Assim como na estreia, o capitão do Corinthians na Copa São Paulo de Futebol Júnior, Guilherme Mantuan, voltou a deixar sua marca nesta sexta-feira, depois de mais uma goleada da equipe de Parque São Jorge. O volante marcou o terceiro dos quatro gols do Timão em cima do Operário-MS, que também serviram para confirmar a classificação antecipada à próxima fase da Copinha. O placar de 4 a 0 foi criado também graças a dois gols de Carlinhos e outro de Pedrinho.
Mas, Mantuan acabou chamando atenção por participar bem de todo o confronto em Taubaté. O garoto de 19 anos recompôs bem o meio de campo, deu uma linda assistência para um dos gols de Carlinhos e fez em grande estilo, acertando a gaveta do goleiro adversário.
“Fui muito feliz no chute. Eu treino bastante finalização com o professor Coelho. E é isso ai, conseguimos a classificação, mas é manter os pés no chão, porque ainda não chegamos no nosso objetivo principal”, comentou o atleta, ao Sportv, citando um dos auxiliares do técnico Osmar Loss.
Guilherme Mantuan passou por todas as categorias de base do Corinthians até chegar ao profissional (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)
Guilherme Mantuan passou por todas as categorias de base do Corinthians até chegar ao profissional (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)
Coelho, a quem Mantuan se referiu, é o ex-lateral direito que ficou marcado no próprio Timão pelo gol contra que marcou no duelo com o River Plate, pela Copa Libertadores da América de 2006, no Pacaembu, mas que também conquistou o Campeonato Brasileiro 2005 e o Paulista de 2003.
“É ele mesmo. Sempre quando acaba o treino, ele chama a gente, se reúne com a gente e é algo que precisa ser aperfeiçoado. Ainda estamos na base, em período de transição. Ele tem paciência com a gente e nos auxilia nos chutes”, contou.
Meia de origem, Guilherme Mantuan já atuou em diversas funções no meio de campo sob o comando de Osmar Loss e tem sua versatilidade como diferencial. Depois de ser relacionado para os últimos jogos do time principal do Corinthians no ano passado, a promessa alvinegra admite que se inspira em Elias, Paulinho e até Maycon, que passou pela base corinthiana recentemente.
“Eles me inspiram. São caras que merecem esse voto de olhar, observar. Procuro subir na hora certa. Não pode ser toda hora, se não o adversário acaba percebendo, mas na hora certa eu tento chegar”, explicou.
Prestes a completar 13 anos de Corinthians – chegou em 2004 com sete anos de idade -, Guilherme Mantuan não escondeu a satisfação pela classificação antecipada da equipe na Copinha 2017, mas ressaltou a importância de confirmar a ponta da tabela no domingo, contra o Taubaté, que também soma seis pontos, mas tem oito gols de saldo atrás.
“Vamos entrar com o pensamento de vitória, até porque, caso contrário, nós temos que mudar de cidade. Então, estamos concentrados em ganhar e sair daqui com a liderança do grupo”, avisou o capitão e grande esperança do Corinthians para o futuro.

Relacionados

ESPORTES 2294299323352843180

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress