Fera do Jiu-Jítsu amazonense Guilheme Carvalho seguem para Campeonato Europeu


 Os grandes nomes da arte suave amazonense vão cruzar o Oceano Atlântico para representar o Estado no Campeonato Europeu de Jiu-Jitsu, em Portugal. As disputas com os melhores do mundo da Arte Suave ocorrem de 17 a 22 de janeiro, em Odivelas, sub-região de Lisboa, e a delegação embarca nesta segunda-feira, dia 16. O grupo formado por 11 competidores recebe passagens aéreas do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), e formam a maior delegação da Região Norte.

Experientes e respeitados na modalidade pelo País, os lutadores querem subir ao pódio da maior competição do continente europeu. Conquistar a façanha de ficar entre os três primeiros na terra dos colonizadores significa ter o nome revelado para boa “parte do mundo”. A delegação baré é formada por Joel Adan Torres Silva, Claudevan Martins Oliveira (Soneca), Gabriel Afonso dos Santos Moraes, Erick Diniz Figueira, Guilherme Angelus Montenegro Carvalho, Giann Paulo Silva Vidinha, Willis da Mota Nunes, Adriano Augusto Braga Monteiro Junior, Adriano Augusto Braga Monteiro, Ayres Modesto dias Neto e Carlos Vieira Holanda.

“O Europeu proporciona ao atleta uma alavancada na vida profissional, no Jiu-Jítsu. Quero uma medalha. O objetivo é conquistar uma medalha, quero ir para o pódio, independentemente da cor da medalha”, afirmou o faixa preta Carlos Holanda, 37, conhecido como Esquisito, que já soma conquistas na competição.

“Vai ser minha terceira vez. Já fiz duas finais na categoria Pluma, uma fui campeão e outra fui vice, em 2012 e 2014 respectivamente, e agora estou indo na categoria Pena por conta da dificuldade de baixar de peso”, contou o líder da academia Alliance na Capital.

Casca grossa e com títulos expressivos no mundo inteiro, como o Mundial da Liga de Abu Dhabi, quatro mundiais da Internacional Brazilian Jiu-Jitsu Federation (Ibjjf), e quatro Brasileiros da Confederação Brasileira de Jiu-Jítsu (Cbjj), o faixa preta Gabriel Moraes, 33 anos, já conquistou o continente asiático. Pela primeira vez no circuito, o atleta vive a expectativa de faturar o primeiro título Europeu.

“O Europeu é uma nova fase para mim, já tem mais de dez edições e vai ser minha primeira vez. É uma expectativa muito boa. Quando é novo, o ser humano fica com curiosidade, e quero ir lá lutar, representar o Amazonas e ser campeão. A premiação não é em dinheiro, mas quem vencer vai ter status. A Europa, o mundo vai estar voltado para aquele continente”, declarou o lutador, praticante do esporte há mais de 14 anos.

Briga na balança

Para o amazonense Guilherme Carvalho, de 25 anos, a briga para ir a Portugal iniciou antes mesmo dele entrar no tatame. Isso porque, o lutador teve que perder sete quilos para poder disputar na categoria Galo do Europeu.

“Fui muito difícil. A alimentação foi essencial, a base de proteína. Tive que passar a dormir bem e melhor e fiz muito trabalho aeróbico para sair dos 64 para 57 quilos. Nos meus treinos diários passei a usar roupa térmica para perder peso. Para mim, a competição começou faz muito tempo”, declarou o lutador, que realizou parte da preparação nos EUA, quando participou do Naga (Associação North Americana de Grappling – na tradução livre).

“Estava nos Estados Unidos, no Texas, passei uns três meses e fui campeão mundial do Naga, uma das principais competições americanas. Quando cheguei em Manaus, no dia 12 de dezembro, passei a focar mais na preparação para o Europeu. Vai ser minha primeira participação e a competição tem um nível bastante forte. Vai ter japonês, americano, adversários fortes, e minha expectativa é trazer um bom resultado na categoria Galo”, frisou o faixa preta.

Novato na área

Com 20 anos de idade e há quatro no Jiu-Jítsu, Joel Adan já estampa títulos importantes, como o Brasileiro e o Mundial em 2013 na categoria Leve Juvenil. Faixa roxa, o lutador quer mostrar a força do Amazonas na categoria Leve adulto até 66 quilos. Para tanto, vem treinando há cinco meses.

“Estou me preparando desde setembro. Vai ser minha primeira viagem fora do país e estou super confiante. Vou viajar com os amigos e com uma galera muito casca grossa. São caras que vi lutando e ganhando competições fora (do Brasil) e agora chegou minha hora, chegou a minha vez. Quero representar o meu Estado e mostrar que sou mais um casca grossa pronto para fazer barulho no mundo todo”, destacou o confiante lutador.

Relacionados

ESPORTES 608120607124748301

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP

Facebook

Publicidade

Publicidade
item
Wordpress