Corado assume prefeitura de Amaturá reduzindo secretarias

Prefeito de Amaturá, Joaquim Corado (PMDB) discursa para o público presente após ser empossado.(Foto: Eduardo Gomes)
Amaturá (AM) — A redução de 14 para oito o número de secretarias, o recadastramento de todos os servidores e a realização de uma completa auditoria cujo resultado será apresentado à população, foram anunciadas ontem pelo prefeito de Amaturá (a 1.074 km de Manaus em Linha reta), o advogado, ex-superintendente adjunto da Zona Franca de Manaus e ex-deputado estadual Joaquim Francisco da Silva Corado (PMDB – 69 anos).
Joaquim Corado e o vice-prefeito, Arnaldo Alexandre Pereira, o Cacique Arnaldo (52), foram empossados na manhã deste domingo na quadra de esportes do município em sessão solene presidida pelo vereador Jesus de Nazareno Carvalho (PSDB).
Além de anunciar as primeiras medidas, Joaquim Corado lamentou a forma de como está recebendo a Prefeitura de seu antecessor, João Braga que abandonou o município na última sexta-feira, cujo grupo político foi hegemônico na Prefeitura durante 16 anos.
“Não temos motorista de plantão para dirigir a ambulância. A coleta de lixo foi suspensa há vários dias por falta de funcionários que foram demitidos”, observou o novo prefeito.
Segundo o prefeito, suas principais prioridades são a limpeza e coleta de lixo da cidade, recuperação de ruas muitas em péssimo estado de conservação e reorganizar a saúde principal queixa da população por falta de médicos no hospital da cidade.
Durante a sessão de posse o prefeito comunicou que nesta segunda-feira vai convocar uma sessão extraordinária sem ônus aos cofres públicos, para submeter aos vereadores o projeto de lei com 42 artigos reorganizando a estrutura administrativa reduzindo o número de secretarias.
Joaquim Corado vai administrar um município extremamente dependente de recursos federais e convênios federais e do Governo do Estado. O Orçamento para 2017 é de apenas R$ 23 milhões de reais. O município possui uma economia incipiente, baseado mais na agricultura de subsistência.
Criado em 1987 ao ser desmembrado dos municípios de Jutaí e São Paulo de Olivença, Amaturá possui uma população estimada em 11.047 habitantes (segundo IBGE) dos quais 40% dos habitantes são indígenas das etnias Tikuna, Kambeba, Witoto, Kanamari e Kokama.
Com uma população estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 11.047 habitantes dos quais 40% são indígenas, Amaturá conta com 32 comunidades rurais das quais 18 são indígenas.
Câmara
Pouco antes da posse de Joaquim Corado, a Câmara Municipal se reuniu para empossar seis dos nove vereadores que compõem o Poder Legislativo Municipal.
Em uma rápida sessão presidida pelo vereador eleito mais idoso, Hosana Lucas Inácio (PSDC), foram empossados apenas seis dos nove vereadores – outros três optaram serem empossados na sessão de posse de Joaquim Corado. Não houve disputa para a presidência da Câmara. A única chapa liderada por Jesus de Nazareno Carvalho foi aclamada.

A nova composição da Câmara é formada pelos vereadores Jesus de Nazareno Carvalho (PSDB), Hosana Lucas Inácio (PSDC), Evilásio Rubens Miguel (PPS), Jonas Barroso Eufrasio (PTN), Luis Carlos Ferreira Pessoa (PC do B), Paulo da Silva Carvalho (PC do B), Orlandino Torquato de Araújo (PMDB) e Lasmar Miguel (PT).

Com informações da assessoria de comunicação 

Relacionados

AMAZONAS 488723008378370468

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP

Facebook

Publicidade

Publicidade
item
Wordpress