HUGV continua sem data para reabrir

A direção do Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV) e a reitoria da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) ainda não sabem dizer quando a unidade hospitalar voltará a funcionar. O hospital foi inaugurado no dia 25 de novembro, mas logo em seguida teve as atividades suspensas devido contaminação por fungo no mobiliária instalado no local.

Desde então, o local está passando por serviço de higienização para que o atendimento ao público possa começar. Esse trabalho, segundo a assessoria de imprensa do HUGV, consiste em uma análise bacteriológica criteriosa, além de outros serviços.
Segundo a assessoria do HUGV, o corpo administrativo da universidade e do hospital está tentando fechar um cronograma com a construtora, que é a responsável pela limpeza do material contaminado, para que seja definido uma data para o hospital entrar em funcionamento.
Atualmente, apenas o oitavo andar, onde fica a administração do hospital, está em funcionamento.
A primeira etapa do novo HUGV tem capacidade para realizar 7 mil consultas ambulatoriais por mês. O prédio tem 13 andares e custou de R$ 101 milhões.

Relacionados

AMAZONAS 2773827470998272843

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP
item
Wordpress