Forte Vip: deixa seus funcionários sem ceia de fim de ano

Cansados com o descaso por parte da empresa prestadora de serviços dos Governos Estadual e Federal, FORTE VIGILÂNCIA PRIVADA EIRELI – FORTEVIP, os funcionários que preferiram não ser identificados, com medo de represálias, explicaram que a denúncia de constante atraso no pagamento de salários e a ostentação em redes sociais, por parte do dono da empresa, Fabian Neves dos Santos, já chegaram ao Tribunal de Contas e ao Ministério Público.
De acordo com os funcionários, o Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) deve pedir, já nos próximos dias, o bloqueio de bens da empresa FORTE VIGILÂNCIA PRIVADA EIRELI – FORTEVIP.  A medida seria para garantir o pagamento dos funcionários que, de acordo com denúncia feita e mostrada diversas vezes pela imprensa local, não recebem há mais de três meses e sem ao menos terem recebido nenhuma parcela do 13° salário.

Dono da Forte Vip não comparece a reunião e deposita apenas 10%

Em uma reunião ocorrida durante esta semana com todos os representantes das empresas de segurança para prestar esclarecimentos do atraso no salário, a empresa FORTE VIGILÂNCIA PRIVADA EIRELI – FORTEVIP, que lidera a lista de atraso de pagamento dos funcionários, não compareceu e até ultima quinta-feira, 29, fez um depósito de apenas 10% de toda divida atrasada e sem dar satisfações aos funcionários do que se tratava o depósito.
Fazendo um breve cálculo sobre o que foi repassado aos funcionários, fica explicito que além de terem ficado sem o panetone de natal, os vigilantes também ficarão sem o pernil do ano novo, pois a empresa só depositou R$ 500 (Quinhentos Reais) na conta de cada funcionário, quando o salário mensal de cada um deles equivale a R$ 1.900,00 (Mil e Novecentos Reais), multiplicando pelos 3 meses de atraso, chegamos ao total de R$ 5.700,00 (Cinco Mil e Setecentos Reais), valor que era pra ser depositado para cada vigilante.

Entenda o caso

Denunciada através da imprensa local, durante todo este mês, foi comprovado que a empresa, Forte Vigilância Privada Eireli – FORTEVIP, não pagou os funcionários, há pelo menos, 3 meses, além do atraso no pagamento dos assalariados, a empresa Forte Vip, também não repassou nenhuma parcela do 13° salário.
Conforme o Portal da Transparência do Governo do Estado, no ano de 2015, a empresa Forte Vigilância Privada Eireli – FORTEVIP, faturou alguns contratos milionários, entre eles R$ 689.666,66, e outro no valor de 344.833,33. Ainda de acordo com o Portal da Transparência do Governo do Estado, a empresa Forte Vigilância Privada Eireli – FORTEVIP, possui um contrato de R$ 4,13 milhões por ano com a FVO (Fundação Vila Olímpica).

Forte Vip já foi condenada várias vezes

A empresa Forte Vigilância Privada Eireli – FORTEVIP, já responde por diversos processos na Vara do Trabalho de Manaus, devido à falta de pagamento aos funcionários, e já teve inúmeras sentenças de penhora e bloqueio de bens, pelo Ministério do Trabalho, basta consultar no site ministério.

Dono da empresa ostentava na internet

Mesmo sem repassar há 3 meses o pagamento dos funcionários o dono da empresa Forte Vigilância Privada Eireli – FORTEVIP, Fabian Neves dos Santos, andava se exibindo em sua rede social do site de relacionamento do Facebook, com muita luxuria, riqueza e seus bens afortunados.
O caso da Fortevip, lembra muito o recente escândalo da Salvare e Total Saúde, que desviaram milhões de reais da saúde e não pagavam os funcionários. O proprietário e diretores acabaram presos pela Polícia Federal na denominada “Operação Maus Caminhos”.
Enquanto isso, os empregados da empresa Forte Vip, estão tendo um fim de ano digno de pena. 

Relacionados

AMAZONAS 8231542551566859290

Corredores do Poder

+ CORREDORES DO PODER

Instagram

WHATSAPP

WHATSAPP

Facebook

Publicidade

Publicidade
item
Wordpress